Bater a porta do carro com força realmente causa danos?

Proteção Veicular

Componentes envolvidos no fechamento são projetados para suportar força muito superior à pancada provocada por um ser humano.

“Não tem geladeira em casa não!?”. Muitos já ouviram a frase ao bater a porta de um carro com mais força que o necessário. A questão é: somos capazes de causar algum dano para o veículo durante os simples movimentos de empurrar ou puxar a porta para fechá-la?

De acordo com o Assessor Técnico da Fiat Chrysler Automóveis (FCA), Ricardo Dilser, não há ligação entre bater a porta com força e qualquer avaria nos componentes do conjunto.

Isso porque as portas dos veículos são projetadas para aguentar choques muito superiores à força de um ser humano fechando-as.

Segundo a Associação Brasileira de Engenharia Automotiva (AEA), todos os componentes de um carro passam por testes de durabilidade – que incluem abrasão, pancadas e variações de temperatura. Por isso, é possível garantir que ninguém estragará o carro fechando as portas (mesmo que de maneira agressiva).

Afirmação de que bater a porta do carro com força danifica o veículo é um mito

 

Fechar Menu
W3Schools